domingo, 1 de abril de 2018

Cronograma Enem 2018

Calendário do Enem 2018

Março 2018   Dia 21 Publicação do Edital

Abril 2018
Dia 2  Começa a solicitação de isenção da taxa de inscrição
Começa a justificativa de ausência no Enem 2017
Dia 11 Termina a solicitação de isenção da taxa de inscrição
Termina a justificativa de ausência no Enem 2017
Dia 23 Divulgação dos resultados das solicitações de isenção
Começa o período de recursos relacionados às solicitações de isenção
Dia 29 Termina o período de recursos relacionados às solicitações de isenção

Maio 2018
Dia 05 - Divulgação dos resultados dos recursos relacionados às solicitações de isenção
Dia 07 - Começa o período de inscrição e 
Começa o período para pagamento da taxa de inscrição
Dia 18 Termina o período de inscrição
Termina o período para alteração de dados cadastrais, município de provas, opção de língua estrangeira e Termina o período para solicitação de atendimentos e envio de laudo médico, declaração ou parecer
Dia 23 Termina o período para pagamento da taxa de inscrição
Dia 28 Começa a solicitação de Atendimento por Nome Social

Junho 2018  Dia 3 Termina a solicitação de Atendimento por Nome Social

Outubro 2018  Data a confirmar  Divulgação dos locais de prova

Novembro 2018
Dia 04 Aplicação das provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias / Redação / Ciências Humanas e suas Tecnologias
Dia 11 Aplicação das Provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias / Matemática e suas Tecnologias
Dia 14 Publicação dos Gabaritos e dos Cadernos de Questões

Janeiro 2019 Data a confirmar Divulgação dos Resultados Individuais
Março 2019  Data a confirmar  Divulgação dos Resultados dos Treineiros
Data a confirmar  Divulgação dos Espelhos de Redação

Fonte: https://enem.inep.gov.br/#/crono?_k=pfq8c4

quarta-feira, 14 de março de 2018

Título de eleitor


Termina no dia 9 de maio o prazo para tirar o título de eleitor, transferir o domicílio eleitoral, solicitar transferência para uma seção de fácil acesso, recadastramento biométrico e regularizar a situação perante a Justiça Eleitoral antes das eleições 2018. O dia 9 de maio é também oprazo final para comparecimento dos eleitores que quiserem fazer o recadastramento biométrico para votar de modo ainda mais seguro no dia da eleição – apesar de o procedimento ainda não ser obrigatório na maioria das cidades.

O eleitor em débito com a Justiça Eleitoral pode gerar guias para pagamento da multa eleitoral previamente e depois agendar o atendimento para regularizar a situação. 
Confira os documentos necessários para cada um dos serviços.

Fonte: http://www.tre-mg.jus.br/eleitor/agendamento



Consulta endereços dos Cartórios Eleitorais de Minas Gerais

Título novo, transferência, justificativa, inscrição como mesário voluntário?
Verifique onde fica o seu cartório eleitoral.

Centrais de Atendimento
EndereçoTelefoneFax
Avenida Presidente Itamar Franco, 1420, CEP: 36016-320(32)2102-9726(32)2102-9726
Obs.: Os endereços acima pertencem às Centrais de Atendimento e não necessariamente aos Cartórios Eleitorais.

Fonte: http://www.tre-mg.jus.br/eleitor/zonas-eleitorais/consulta-enderecos-de-zonas-eleitorais

Disque-Eleitor é um serviço do TRE-MG para esclarecer dúvidas dos eleitores sobre assuntos diversos. Profissionais especializados atendem de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, pelos números 148 ou (31) 3291-0004.


O interessado deve comparecer ao cartório eleitoral ou à Central de Atendimento (que envolve mais de um cartório) do município onde é eleitor. Ou seja, o eleitor de Contagem não pode ser atendido em Betim, por exemplo. Para alguns municípios, é possível agendar o atendimento pelo site do TRE-MG ou pelo Disque-Eleitor (148 ou 3291-0004 - custo de ligação local).

Documentos necessários:
* - um documento de identidade (Carteira de Trabalho, Carteira de Identidade, carteiras emitidas por órgãos reguladores de profissão, certidão de nascimento ou de casamento) que comprove a nacionalidade brasileira;
Obs: não serão aceitos a Carteira Nacional de Habilitação e o novo passaporte.

* - comprovante de endereço recente;

- comprovante de quitação do serviço militar (de 1º de julho do ano em que completar 18 anos até 31 de dezembro do ano em que completar 45 anos).
* Indispensáveis
Voto e alistamento obrigatório:
- entre 18 e 70 anos.

Voto e alistamento facultativo:
- jovens de 16 e 17 anos;
- analfabetos;
- maiores de 70 anos.
BRASILEIROS NATURALIZADOS
Para se inscrever como eleitor, o brasileiro naturalizado deverá comparecer pessoalmente ao cartório eleitoral que atende ao seu endereço ou à central de atendimento que atende ao seu município e apresentar os seguintes documentos:

I - Certificado de Naturalização ou Certificado Provisório de Naturalização concedido pelo Ministério da Justiça;
II - documento oficial de identificação com foto;
III - comprovante de residência;
IV - certificado de quitação do serviço militar (homens entre 18 e 45 anos).

 No interior, os cartórios eleitorais podem solicitar documentação complementar. Para certificar-se da documentação necessária, entre em contato com seu cartório eleitoral antes de procurá-lo pessoalmente.
O eleitor deve solicitar a segunda via do título no cartório eleitoral em que está inscrito. Caso procure outro cartório eleitoral, a solicitação será recebida e enviada ao cartório no qual está inscrito como eleitor, para emissão do documento.

Documento a ser apresentado:
* - um documento de identidade (Carteira de Trabalho, Carteira de Identidade, carteiras emitidas por órgãos reguladores de profissão, certidão de nascimento ou de casamento).
Obs:  não será aceito o novo passaporte.  
 - nos municípios com atendimento biométrico, é recomendável que o eleitor leve também um comprovante de endereço.
* Indispensável
Condições para o requerimento:

- quitação das obrigações eleitorais.

Título e local de votação - Consulta por nome

http://www.tre-mg.jus.br/eleitor/titulo-e-local-de-votacao/consulta-por-nome

O Fale Conosco é um canal de comunicação entre a Justiça Eleitoral mineira e o cidadão para informações e esclarecimentos de dúvidas. Você será direcionado diretamente ao setor do TRE-MG responsável para responder a sua solicitação.
Acesse:

Acompanhamento do atendimento

Agendamento




Para continuar, selecione uma das opções:

Solicitar agendamento
Acompanhar agendamento / Cancelar

Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais

Situação eleitoral - consulta por nome



Conteúdo da página.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Encceja

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) realiza exames que, além de diagnosticar a educação básica brasileira, possibilitam meios para certificar saberes adquiridos tanto em ambientes escolares quanto extraescolares. O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) é um desses exames.
O Encceja tem como principal objetivo construir uma referência nacional de educação para jovens e adultos por meio da avaliação de competências, habilidades e saberes adquiridos no processo escolar ou nos processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais, entre outros.
A participação no Encceja é voluntária e gratuita, destinada aos jovens e adultos residentes no Brasil e no exterior, inclusive às pessoas privadas de liberdade, que não tiveram oportunidade de concluir seus estudos na idade apropriada.
No Brasil e no exterior, o Encceja pode ser realizado para pleitear certificação no nível de conclusão do ensino fundamental e ensino médio. Para certificação do ensino fundamental, é preciso ter, no mínimo, 15 anos completos na data de realização do exame. A certificação do ensino médio exige a idade mínima de 18 anos completos no dia de aplicação da prova.
O Encceja oferece atendimento especializado e específico, além de atendimento pelo nome social, para participante travesti ou transexual que quiser tratamento pela sua identidade de gênero. Os atendimentos especializados, específicos e os auxílios ou recursos de acessibilidade devem ser solicitados durante a inscrição.
O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos constitui-se de provas estruturadas da seguinte forma:
Para o ensino fundamental:
  • Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação;
  • Matemática;
  • Historia e Geografia;
  • Ciências Naturais.
Para o ensino médio:
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação;
  • Matemática e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias.
Essas áreas do conhecimento foram estabelecidas a partir do currículo da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN's).
Para se preparar para o exame, o Inep disponibiliza em sua página na internet o material didático pedagógico de apoio aos participantes e professores que é composto por um volume introdutório, quatro volumes de orientações aos professores e oito volumes de orientações para o estudante (quatro para o ensino fundamental e quatro para o ensino médio).
A Matriz de Competências e Habilidades, também disponível na página eletrônica do Inep, possui 30 habilidades e continua subsidiando o estudo individual. As competências do sujeito são eixos cognitivos que referem-se, também, ao domínio de linguagens, compreensão de fenômenos, enfrentamento e resolução de situações-problema, capacidade de argumentação e elaboração de propostas. Dessas interações resultam, em cada área, habilidades que são avaliadas por meio das 30 questões objetivas (múltipla escolha) e pela produção de um texto em prosa do tipo dissertativo-argumentativo, a partir de um tema de ordem social, científica, cultural ou política (redação).
Todos aqueles que tenham realizado o Encceja Nacional em anos anteriores e não obtiveram média para aprovação na área de conhecimento, poderão inscrever-se novamente no Exame para eliminação do componente curricular desejado, caso tenham interesse.

Para mais informações sobre o exame, acesse a página do Inep.

Fonte: http://portal.mec.gov.br/encceja